Blog da ECOS – Empresa Júnior Biologia UFPR

Arquivo para a categoria ‘curiosidades’

Entenda o Rio+20

Em junho, o Brasil sediará a Rio+20, conferência da ONU que reunirá líderes do mundo todo para discutir meios de transformar o planeta em um lugar melhor para se viver. O evento será realizado no Rio de Janeiro, 20 anos depois da Eco92.

Você já deve ter lido na internet ou visto na TV que, em 2012, o Brasil será sede de uma importante conferência da ONU – Organização das Nações Unidas: a Conferência das Nações Unidas em Desenvolvimento Sustentável, apelidada de Rio+20. Mas você faz ideia do que acontecerá durante esse evento? Do que ele representa para o nosso futuro?

Entre os dias 4 e 6 de junho, líderes dos 191 países que fazem parte da ONU, além de representantes de vários setores da Organização, se reunirão para discutir como podemos transformar o planeta em um lugar melhor para viver, inclusive para as futuras gerações. Uma grande responsabilidade, não é mesmo? 

A ideia da realização dessa Conferência no Brasil foi do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, em 2007, fez a proposta para a ONU. E você sabe por que o evento recebeu o nome de Rio+20? Porque a reunião acontecerá no Rio de Janeiro, exatamente 20 anos depois de outra conferência internacional que tinha objetivos muito semelhantes: a Eco92, também promovida pela ONU, na capital fluminense, para debater meios possíveis de desenvolvimento sem desrespeitar o meio ambiente.

Vinte anos depois, a Rio+20 reunirá os líderes de todo o mundo para fazer um balanço do que foi feito nas últimas duas décadas e discutir novas maneiras de recuperar os estragos que já fizemos no planeta, sem deixar de progredir. Mas pensar em alternativas para diminuir o impacto da humanidade na Terra não é responsabilidade, apenas, dos governantes: é nossa também. Afinal, todas as atitudes que tomamos no dia a dia – do tempo que demoramos para escovar os dentes ao meio de transporte que escolhemos para ir à escola – afetam, de alguma maneira, o planeta e, por consequência, nossa vida.

Por isso, no mesmo período da reunião oficial da Rio+20, o Rio de Janeiro sediará, também, a Cúpula dos Povos: um evento que contará com debates, palestras e uma porção de outras atividades, sobre os mesmos temas da Conferência da ONU, mas que serão promovidos por grupos da sociedade civil – como ONGs e empresas.

A ideia é que todos os setores da sociedade discutam, ao mesmo tempo, maneiras de transformar o planeta em um lugar melhor para vivermos. Afinal, a união faz a força, certo? E até mesmo quem estiver de fora dessas duas reuniões pode ajudar, pensando em maneiras de diminuir seu impacto na Terra. Que tal tomar banhos mais curtos? Ou desligar a TV, enquanto usa o computador e vice-versa? Pense em atitudes que você pode adotar para melhorar o planeta em que vivemos e compartilhe com seus amigos, pais e professores! Você pode incentivar muitas outras pessoas a fazer o mesmo…

 

Fonte: Planeta Sustentável (http://planetasustentavel.abril.com.br/planetinha/fique-ligado/rio-20-conferecia-onu-desenvolvimento-sustentavel-635317.shtml)

Anúncios

Verdades e Mentiras sobre o Novo Código Florestal Brasileiro

Confira no site terrachamando, as mentiras que quem é a favor do Novo Código tenta nos contar!

link: http://www.terrachamando.com/index.php?option=com_content&view=article&id=98:verdades-e-mentiras-codigo-florestal-brasileiro&catid=60:codigo-florestal&Itemid=67&sms_ss=twitter&at_xt=4dc7f936cdbe8172,0

Entenda porque você deve ser contra o Novo Código Florestal

Essa reportagem da ISTOÉ, explica todas as polêmicas e os motivos para você lutar contra a aprovação desse Novo Código!

Não deixe de conferir, no link:

http://www.istoe.com.br/reportagens/136133_PORQUE+UM+GRUPO+DE+POLITICOS+QUER+MUDAR+O+CODIGO+FLORESTAL

>Fora da Hora

>Como já se é sabido, o Earth Hour (ou em português, Hora do Planeta) tem como intuito conscientizar a sociedade sobre os efeitos do Aquecimento Global. Em sua primeira edição, em 2007, contou apenas com a cidade de Sidney, Austrália. Hoje, passado 4 anos, o movimento tem a participação de 3.733 cidades, em 130 países dos 7 continentes. O que poucos sabem é o que alguns desses países fazem fora da Hora.

A cidade de Shenyang, na China, se comprometeu em combater o processo de desertificação com o plantio de mais de 38 mil hectares de florestas. Outra cidade chinesa, Chengdu, irá colocar à disposição dos cidadãos 60 mil bicicletas de aluguel espalhadas em mil pontos da cidade e a um preço baixo para incentivar o transporte ecológico, reduzindo as emissões de carbono.

Com o plantio de 337 mil árvores durante os últimos três anos, a recuperação de uma área de espaço público de 300 mil metros e a criação de parques na cabeceira de rios, a cidade de Medellin, Colômbia, está realizando ações que vão além dos 60 minutos em prol do meio-ambiente.

Na Suécia há uma competição entre 30 cidades para decidir quem será a “Capital Hora do Planeta”. Com o nome de “Desafio Cidade Hora do Planeta” (“Earth Hour City Challenge”), a intenção é incetivar a criação de métodos realizáveis para emitir zero de carbono dentro de poucos anos. A cidade Malmö será premiada deste ano, pelo Rei da Suécia.

Seja sustentável em cada pequena ação diária. Não se limite à Hora. Seja sustentavelmente fora da Hora.

Apague as luzes para ver um mundo melhor. Hoje (sáb.) às 20:30

“A Hora do Planeta é um movimento de todos nós. Ela une cidades, empresas e indivíduos para demonstrar às lideranças mundiais – e, principalmente, para mostrar uns aos outros – que queremos uma solução contra o aquecimento global. É uma oportunidade única para nós, brasileiros, de nos unirmos com a comunidade global em uma única voz para deter as mudanças climáticas.”

– Denise Hamú, secretária-geral do WWF-Brasil

Fonte: HoradoPlaneta.org.br

%d blogueiros gostam disto: